Home

CONHEÇA A EXTRACREDI

A EXTRACREDI - Extremo Oeste Agência de Crédito é uma instituição que financia micro e pequenos negócios.

CLASSIFICADOS

EVENTOS

Mantenha-se atualizado e fique atento aos eventos relacionados, que acontecem em Santa Catarina, no Brasil e o Mundo.

TRABALHE CONOSCO

CASOS DE SUCESSO

Pessoas Empreendedoras e Empresas que se mantiveram parceria com a EXTRACREDI, contam suas histórias vencedoras.

COTAÇÕES FINANCEIRAS

Notícias Financeiras

    • Ao longo da história, a vida no campo foi essencial para a produção de alimentos e o sustento da humanidade. Mas com o desenvolvimento das sociedades e do capitalismo houve uma mudança drástica: o surgimento das cidades. Fortemente ligadas ao comércio, tiveram um desenvolvimento rápido e descontrolado, atraindo muitos camponeses, que viam nelas a oportunidade de uma vida mais confortável. No Brasil, o processo foi mais forte entre as décadas de 1960 e 1980, mas ainda é intenso em países como a China e Índia. A promessa de uma vida melhor na área urbana, no entanto, nem sempre corresponde à realidade. Muitas vezes o migrante acaba nas periferias das cidades, vivendo em condições precárias. Essa disparidade entre expectativa e realidade levou John R. Harris e Michael Todaro a escreverem o artigo: “Migration, Unemployment and Development: A Two-Sector Analysis”, publicado em 1970 na prestigiada The American Economic Review. A China, com a forte industrialização e crescimento econômico das últimas décadas, desde 2010 é majoritariamente urbana. Já a Índia viu sua população urbana aumentar mais de seis vezes, passando de 62 milhões de pessoas em 1951 para 377 milhões em 2011. Esta numerosa e descontrolada migração está acompanhada nos dois países de problemas sociais como a marginalização de parte dos recém-chegados às cidades, que, sem trabalho, também não conseguem voltar para o campo, engrossando as fileiras de desempregados. Ainda assim, com exceção das raras épocas em que aumenta a renda no campo, é válido para o trabalhador arriscar a vida nas cidades, considerada a disparidade de salários. Como apontam os dois autores, a migração só cessa quando a renda de um lugar supera a de outro. Para lidar com os prós e contras, Harris e Todaro recorrem ao salário sombra. É um conceito usado para representar a melhoria de vida na cidade esperada pelo trabalhador rural ao se mudar para a cidade. Na China, um estudo do jornal Washington Post mostrou que, ao se mudar dos vilarejos para as cidades, os trabalhadores passavam a ganhar quase 2,5 vezes a mais. No entanto, a falta de regulamentação do trabalho, assim como a discriminação, os obrigava muitas vezes a trabalhar em condições precárias e em longas jornadas, uma situação pior do que a vivida no campo. Em um mundo cada vez mais globalizado e urbano, o alerta de John R. Harris e Michael Todaro ganha crescente importância. A migração interna traz ganhos e problemas para as cidades e seus novos moradores. Resta, no entanto, enfrentar suas consequências negativas. * Post em parceria com André Szapiro e Caio Rodrigues Santini, graduandos em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas e consultores da Consultoria Júnior de Economia da EESP-FGV. Para saber mais sobre a CJE, acesse: http://cjefgv.com
    • Os animais que deveriam ir para Marshalltown serão desviados para outras unidades da JBS em Iowa e Illinois. A JBS USA interrompeu nesta sexta-feira (20) a produção em sua fábrica de processamento de carne suína em Marshalltown, no Estado norte-americano de Iowa, depois que um tornado atingiu a unidade na noite de quinta-feira, disse a empresa. "Nós não vamos colocar a fábrica em atividade hoje, enquanto avaliamos os danos e damos tempo aos integrantes da nossa equipe para cuidarem de suas famílias e questões pessoais", disse Cameron Bruett, representante da JBS, em comunicado enviado por email nesta sexta-feira. Nenhum ferimento foi relatado, acrescentou. A unidade tem uma capacidade de abate estimada em 20 mil suínos por dia, de acordo com dados do setor e comerciantes. "Marshalltown é a única fábrica de processamento afetada e ficará fechada até pelo menos segunda-feira", disse um comerciante local de suínos. Os animais que deveriam ir para Marshalltown serão desviados para outras unidades da JBS em Iowa e Illinois, acrescentou. Um comerciante de suínos de Illinois disse à Reuters que a JBS talvez compense o tempo em que Marshalltown está fechada processando alguns suínos no sábado em "algumas outras fábricas. E então eles vão ver se conseguem voltar à ativa e abater na semana que vem".

    • Vianna assume o comando da empresa em meio a investigações sobre suposta participação da CCR em esquema de corrupção. A empresa de concessões de infraestrutura CCR anunciou nesta sexta-feira (20) a nomeação de Leonardo Vianna como novo presidente-executivo, em substituição a Renato Vale, que deixa a companhia que presidiu desde a fundação há duas décadas. Segundo a CCR, a mudança faz parte do processo de sucessão iniciado em 2014. Vianna, que presidia a divisão CCR Mobilidade, assume a partir de 31 de julho. A CCR Mobilidade será dirigida por Italo Roppa, que presidia a unidade CCR Rodovias SP e será substituído no cargo por Paulo César de Souza Rangel, deixando a presidência da CCR ViaOeste e CCR Rodoanel. A empresa, que nasceu com foco na concessão de rodovias pedagiadas, nos últimos anos tem procurado diversificar seu leque geográfico e de negócios, entrando em mobilidade urbana e no segmento aeroportuário. Em junho, a CCR pagou US$ 60 milhões para ampliar para 100% sua fatia na concessão do aeroporto de San José, na Costa Rica. Vianna assume o comando da empresa em meio a investigações sobre suposta participação da CCR em esquema de corrupção. O empresário Adir Assad teria afirmado em delação premiada, dentro da operação Lava Jato, que pagou comissão ao ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, em esquema de corrupção que teria envolvimento da CCR, negado pela empresa. A ação da CCR fechou esta sessão em alta de 4,66%, um dos maiores avanços do Ibovespa, que subiu 1,4%. Movimento na RJ-124 Divulgação/CCR Lagos

Parceiros

AMCRED-SC BADESC BNDS JUROZERO MICRO CREDITO SOCIAL MICROCREDITO DE SANTA CATARINA MICROMOB POLOCRED